segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Um Dia

“ ...Um dia pensamos ser dono das coisas e de tudo....
Descobrimos quão frágil é a vida e quão vulnerável somos nos.
De que serve todos os bens adquiridos se um dia partimos.

Um dia acordamos e vimos que tudo que nós restou foram as lembranças daqueles que se foram e que amamos.

....... O importante verdadeiramente não se perde e fica assim a lembrança  para sempre.”

....

sábado, 28 de janeiro de 2012

História da Garota de Ipanema


A música Garota de Ipanema foi originalmente composta em 1962.
Vinícius de Moraes fez a letra da música Garota de Ipanema inspirado numa moça que passava freqüentemente em frente ao Bar Veloso em Ipanema.
Texto divulgado por Vinícius de Moraes em 1965:
A verdadeira Garota de Ipanema.

Seu nome é Heloísa Eneida Menezes Paes Pinto, mas todos a chamam de Helô.

Há três anos ela passava, ali no cruzamento de Montenegro e Prudente de Morais, em demanda da praia, e nós a achávamos demais. Do nosso posto de observação, no Veloso, enxugando a nossa cervejinha, Tom e eu emudecíamos à sua vinda maravilhosa.

O ar ficava mais volátil como para facilitar-lhe o divino balanço do andar. E lá ia ela toda linda,
a garota de Ipanema, desenvolvendo no percurso a geometria espacial do seu balanceio quase samba, e cuja fórmula teria escapado ao próprio Einstein; seria preciso um Antônio Carlos Jobim para pedir ao piano, em grande e religiosa intimidade, a revelação do seu segredo.

Para ela fizemos, com todo o respeito e mudo encantamento, o
samba que a colocou nas manchetes do mundo inteiro e fez de nossa querida Ipanema uma palavra mágica para os ouvintes estrangeiros. Ela foi e é para nós o paradigma do broto carioca; a moça dourada, misto de flor e sereia, cheia de luz e de graça mas cuja a visão é também triste, pois carrega consigo, a caminho do mar, o sentimento da mocidade que passa, da beleza que não é só nossa - é um dom da vida em seu lindo e melancólico fluir e refluir constante.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Amália Rodrigues - Fado Lisboeta



Desligar o son de fundo no  playlist abaixo do perfil


Não queiram mal a quem canta
Quando uma garganta se enche e desgarra
Que a mágoa já não é tanta
Se a confessar à guitarra
Quem canta sempre s ausenta
Da hora cinzenta da sua amargura
Não sente a cruz tão pesada
Na longa estrada da desventura

Eu so entendo o fado
Pla gente amargurada à noite a soluçar baixinho
Que chega ao coração num tom magoado
Tão frio como as neves do caminho
Que chora uma saudade ou canta ansiedade
De quem tem por amor chorado
Dirão que isto é fatal, é natural
Mas é lisboeta
E isto é que é o fado

Oiço guitarras vibrando e vozes cantandona rua sombria
As luzes vão se apagando a anunciar que é já dia
Fecho em silêncio a janela, já se ouve na viela
Rumores de ternura
Surge a manhã fresca e calma
Só na minha alma é noite escura

Eu so entendo o fado
Pla gente amargurada à noite a soluçar baixinho
Que chega ao coração num tom magoado
Tão frio como as neves do caminho
Que chora uma saudade ou canta ansiedade
De quem tem por amor chorado
Dirão que isto é fatal, é natural
Mas é lisboeta
E isto é que é o fado

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

A Alma



A alma é um cenário.
Por vezes, ela é como uma manhã brilhante e fresca,
inundada de alegria.

Por vezes ela é como um pôr do sol...
triste e nostálgico.



Rubens Alves

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Samaritana Fados de Coimbra


 
PS: Desligara  o fundo musical no play list lateral direita 
 abaixo do perfil

Dos amores do redentor
Não reza a história sagrada
Mas diz uma lenda encantada
Que o bom Jesus sofreu de amor.
Sofreu consigo e calou
Sua paixão divinal
Assim como qualquer mortal
Mm dia de amor palpitou.
[Refrão]
Samaritana plebeia de Cicar
Alguém espreitando te viu Jesus beijar
De tarde quando foste encontrá-lo só
Morto de sede junto à fonte de Jacob.
E tu risonha acolheste
O beijo que te encantou
Serena, empalideceste
e Jesus Cristo corou
Corou por ver quanta luz
Irradiava da tua fronte
Quando disseste ò bom Jesus
-'Que bem eu fiz, Senhor, em vir à fonte.'
[Refrão]
Samaritana plebeia de Cicar
Alguém espreitando te viu Jesus beijar
De tarde quando foste encontrá-lo só
Morto de sede junto à fonte de Jacob.

domingo, 22 de janeiro de 2012


Veio à noite e junto, ela a insônia...
Horas sem consegui adormecer
Rolava na cama e nada fazia-me relaxar
Lembranças...
Estas que vem naqueles momentos e  parece que
 Não mais vão embora
Era um rosto,  uma vaga e doce lembrança
Era o sopro...que iluminava a minha noite
Era o silêncio, rastro de teu sopro e nem mais o teu corpo.

...

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012



Carnaval do Recife

 
PS: Desligar o son de fundo no Playlst ao lado.

 
O Carnaval do Recife – Conhecido internacionalmente por juntar em uma só festa alegria, história, lirismo, irreverência, espontaneidade e diversidade que conquista todos os foliões que vem de todas as partes e que a cada ano conquista mais participante em um evento grandioso.

O que tem e o que não tem no carnaval de Recife e Olinda diferentemente dos outros carnavais do Brasil ? 

Em Recife ou em Olinda não existem escolas de samba como no Rio ou em São Paulo. Aqui as mesmas são substituídas por troça (grupo formado por amigos e familiares ) que saem as ruas dos bairros em que vivem, são festejos de momo com seu colorido e alegra contagiante.

Em Recife e Olinda, não existem trios elétricos e circuitos pré determinado,  como na Bahia, com seus abadas, trajes pré definidos e cordões de isolamento.

Em Olinda e Recife ninguém paga ingresso ou taxas para participar da animação é só chegar e ter resistência para os dias de momo que inicia-se na semana pré, tão animada como os 4 dias de momo, na verdade começamos a brincar o carnaval já nas primeiras semanas de fevereiro.
Os ritmos contagiantes e as fantasias criativas brilham nas cidades cheias de gente, luzes e sons. É um Carnaval de alto astral!

Em Recife, capital multicultural do Brasil, tem frevo, maracatu, caboclinho, ciranda, coco-de-roda, samba, afoxé, rock, reggae, manguebeat. Todos os anos, o autêntico Carnaval de rua recifense arrebata milhões de foliões, turistas do Brasil e do exterior.

Suely Bianchi  

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012



Encontro de Gigantes: Frank Sinatra e Tom Jobim



Frank Sinatra e Tom Jobim, dois dos gênios da música mais admirados  dividiram microfone – e algumas boas dose de uísque e tragadas de cigarro – na gravação do histórico álbum Francis Albert Sinatra & Antônio Carlos Jobim, de 1967.

O encontro de gigantes, que reunia a maior voz do planeta e o compositor que poucos anos antes se tornara uma febre internacional, é resumido pela dupla em um deliciosos medley neste especial televisivo da cadeia NBC, dos EUA.

Agradável ao ouvido. Encontro lendário de Tom e Sinatra cantando - Garota de Ipanema - a cara do Rio de Janeiro - Brasil.

Difícil encontra quem não goste.

PS
Desligue o son do blog na caixa lateral

terça-feira, 17 de janeiro de 2012




Vou-me Embora pra Pasárgada
Manuel Bandeira

Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei


Vou-me embora pra Pasárgada
Vou-me embora pra Pasárgada
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é uma aventura

De tal modo inconseqüente
Que Joana a Louca de Espanha
Rainha e falsa demente
Vem a ser contraparente
Da nora que nunca tive


E como farei ginástica
Andarei de bicicleta
Montarei em burro brabo
Subirei no pau-de-sebo
Tomarei banhos de mar!

E quando estiver cansado
Deito na beira do rio
Mando chamar a mãe-d'água
Pra me contar as histórias

Que no tempo de eu menino
Rosa vinha me contar
Vou-me embora pra Pasárgada

Em Pasárgada tem tudo
É outra civilização

Tem um processo seguro
De impedir a concepção
Tem telefone automático
Tem alcalóide à vontade
Tem prostitutas bonitas
Para a gente namorar


E quando eu estiver mais triste
Mas triste de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me matar

— Lá sou amigo do rei —
Terei a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada.

domingo, 15 de janeiro de 2012

Donald Teló


 Hilário o vídeo sátira da Musica de Michel Teló, agora intitulado:
Ai se eu te pego Margarida.




 Ps: Desligar o som de fundo do blog na lateral direita.

Açores



 (Fotografia de Ana Loura)

Açores paisagem única, visão imaculada
Fontes da vida, Águas puras inócuas
Água translúcida, pura fonte da vida
Vegetação única da natureza, intocável terra orvalhada
Arquipélago
Ilhas encantadas, meus olhos brotam lágrimas perpétuas
A saudade, do cheiro a maresia é escrava do meu lamento
Jardins à beira mar plantados, pérolas do oceano.
Açores minhas ilhas meus amores
Sou filha do nada
Filha encantada, filha rejeitada, filha mal amada
Sou tudo, sou nada, serei idolatrada
Amante insular
Um dia serei amada, PRINCESA ENCANTADA

Manuela Bulcão

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012


Rogerio Jose Brandao _ Médico Oncologista

Trancrevo aqui matéria escrita pelo amigo Rogério por considerar impecável
suas respostas sobre o assunto.

Questões em Oncologia
Com mais de 30 anos de experiência em Oncoclogia Clínica, freqüentemente tenho que responder a questões que me parecem ser comum a todos. Resolví postar estas questões aquí no FB e espero que sejam úteis. São respondidas de forma simples e sem "medicinês", de forma a se tornar compreensível.

1. O que é o Câncer?
O câncer é uma doença caracterizada por alteração nos mecanismos de controle celular, levando a um crescimento desordenado das células comprometendo órgãos e tecidos vizinhos.
Sob este mesmo nome existem cerca de 400 doenças completamente diferentes entre si e diferenciadas pela origem celular, velocidade de crescimento e capacidade de invadir órgãos e tecidos vizinhos.

2. Como se contrai o câncer?
Existem fatores internos e externos responsáveis pelo desenvolvimento do câncer. Na grande maioria das vezes, em cerca de 85% dos casos, o câncer é uma doença adquirida no meio ambiente, por exposição pessoal a agentes carcinogênicos físicos, químicos e biológicos.
Só uma pequena parcela desta doença é transmitida geneticamente de pais para filhos.

3. Então o câncer pode ser hereditário?
As mutações que ocorrem nas células reprodutivas podem ser transmitidas para as gerações seguintes, como no caso do Retinoblastoma, câncer de mama familiar, câncer de cólon familiar, entre outros. Além disto, fatores genéticos individuais tornam determinadas famílias mais susceptíveis que outras a desenvolver o câncer. Mas isto representa apenas cerca de 10% dos casos.

4. O câncer é "contagioso"?
Não. Mesmo os tipos de cânceres atribuídos a vírus não são adquiridos por contágio direto, pois é preciso que o agente desencadeie no organismo um complexo de carcinogênese e o organismo não seja capaz de reconhecer e eliminar as alterações induzidas. Por isto, afirmações como as sugeridas por Hugo Chaves são fantasiosas e sem fundamento científico.

5. Então como se dão estas transformações no organismo para o desenvolvimento da doença?
O desenvolvimento do câncer, isto é, a oncogênese, é um processo bastante complexo. Poderíamos resumi-los em 3 fases:
- Na primeira fase, chamada de INICIAÇÃO TUMORAL, a célula sofre um dano em seu código genético (DNA) de uma forma espontânea ou por ação de carcinogênicos iniciadores.
- Na fase seguinte, dita fase de PROMOÇÃO TUMORAL, a célula já iniciada continua a sofrer alterações que estimulam sua multiplicação. Estas sucessivas alterações levam a malignização da célula.
- Finalmente, na terceira fase temos a fase de PROGRESSÃO TUMORAL, onde ocorre uma multiplicação desordenada e irreversível das células já alteradas. Nesta fase o processo neoplásico já está instalado.

6. Como o organismo se "defende" do câncer?
As células e os organismos possuem um sofisticado sistema de defesa contra as agressões externas e danos no patrimônio do DNA. Este sistema permite reconhecer o seguimento do DNA que foi lesado e não permitir a reprodução desta célula até a reparação deste DNA, com a finalidade de se evitar uma mensagem errada para a célula filha.
Algumas vezes, a célula chega ao início do processo de divisão com tanto dano no seu DNA que a reparação não é mais possível. Neste caso, é ativado um sinal que dispara um processo de morte celular, protegendo o organismo.
Além disto há nos organismos enzimas que atuam na transformação e eliminação de substancias cancerígenas, minimizando seus danos.
Os organismos dispõem ainda de um sistema imunológico de defesa natural realizado tanto por células especializadas quanto por imunoglobulinas.
Só quando a célula falha a todos estes sistemas de defesas é que o processo é deflagrado.

7. Quais são as principais substâncias responsáveis pela promoção do câncer?
Estudos estatísticos apresentam os seguintes números:
Carcinógeno envolvido %
Alimentar 35%
Tabagismo 30%
Infecções 10%
Comportamento sexual 7%
Exposição profissional 4%
Exposição solar 3%
Alcoolismo 3%
Radiações ionizantes 2%
Outras causas 7%

8. Então o tabagismo é causa comprovada de câncer
?
Inquestionavelmente! O Tabagismo é responsável por 30% das mortes devidas ao câncer. Só no Brasil isto representa cerca de 45.000 óbitos por ano. Se nós analisarmos apenas os cânceres de pulmão, cerca de 90% deles estão associados ao tabagismo.
E mais: o tabagismo responde por 25% das mortes devidas a infarto, 25% das mortes por acidente vascular cerebral e 85% das mortes por doenças obstrutivas respiratórias.
O tabagismo é a principal causa de morte prevenível no mundo.

9. O que é um tumor? Todo tumor é uma forma de câncer?
Em medicina chamamos de tumor a qualquer aumento de volume desenvolvido no corpo. Existem os tumores benignos, como é o caso dos lipomas, dos cistos sebáceos ou das verrugas simples, e os tumores malignos, os ditos cânceres.

10. O que uma neoplasia?
Chamamos de neoplasia quando o tumor se desenvolve por crescimento no número de células. Temos as neoplasias benignas e malignas.

11. O câncer tem cura?
Sim. O diagnóstico de um câncer não representa uma sentença de morte.
Podemos atualmente curar cerca de 2/3 dos pacientes oncológicos, com o tratamento adequado para o caso.

12. Como se trata o câncer?
Utilizamos várias armas para o tratamento do câncer, quer isoladamente quer em combinação. A primeira das armas é a Cirurgia, sempre particularizada para o caso. Dispomos também da radioterapia com fontes de irradiação interna ou externa e do tratamento clínico oncológico, agrupado como quimioterapia.
No tratamento clínico oncológico, lançamos mão de agentes citostáticos que são os quimioterápicos, agentes hormonais ou bloqueadores de hormônios, agentes biológicos ativos como as interleucinas e interferons, anticorpos monoclonais, e terapias alvo específicas.
Para o adequado tratamento do câncer é necessária uma equipe multidisciplinar, onde cada caso seja particularizado e analisado em todas as variáveis existentes para melhor beneficio do paciente. Nenhum paciente oncológico deveria ser objeto de tratamento sem a participação de uma equipe oncológica.

13. O que se pode fazer para evitar o câncer?
Não existe uma "fórmula" 100% segura para se evitar o câncer, porém alguns conselhos podem ser bastante úteis:

Uma regra geral é ter bons hábitos de vida, higiene e dieta.
Comer diariamente alimentos integrais e 5 ou mais porções de frutas, verduras e legumes.
Reduzir o consumo de gorduras para um máximo de 30% do valor calórico total.
Limitar o consumo de carnes vermelhas, frango com pele, frituras, manteigas e leite integral.
Manter o peso ideal por adequada combinação de dieta e exercícios físicos.
Evitar o consumo de alimentos ensacados e defumados.
Não consumir alimentos mofados.
Cuidado com o uso de agrotóxicos e hormônios, substâncias cada vez mais utilizadas na agro-pecuária.
Evitar exposição desnecessária ao sol. Pessoas de pele muito clara deve usar sempre um filtro solar ao se expor ao sol.
Evitar exposição a radiações ionizantes como Raios-X, usinas nucleares ou mesmo campos eletromagnéticos como os existentes próximos a estações de alta tensão.
Ter uma vida sexual regrada e praticar somente sexo seguro.
Evitar tratamento hormonal sem indicação específica e controle médico.
Realizar visita periódica ao médico e manter atualizado exames de prevenção como a papanicolau, mamografia e PSA.




Miguel Falabella 
Trancar o dedo na porta dói.
Bater o queixo no chão dói,
Torcer o tornozelo dói.
Mas o que mais dói é a saudade.
Saudade da ausência consentida
Saudade é basicamente não saber

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Brasil








Brasil ainda Longe de ser um País Rico

Este era o tema central da matéria Giuliano Guandalini e Laura Diniz  divulgado na revista veja que nós fazem refletir sobre a nossa real economia e o atual papel do Brasil aos olhos do Mundo. De certeza somos um país em franco crescimento e com uma economia hoje estabilizada e respeitada por muitos países ao contrário de anos passados.
Hoje o povo brasileiro teve um aumento considerado em seus salários e melhor poder de compra devido aos novos empregos gerados, reflexo de uma economia ascendente.
Não querendo dizer que ainda não existam bolsões de pobreza em nosso pais, pois o mesmo tem dimensões continentais e uma cultura ainda distorcida.

Opinião aparte segue trecho da matéria dos autores citados acima para a vossa apreciação.

O Brasil sobe ao posto de sexta maior economia do planeta. Falta agora firmar o passo para alcançar o padrão de vida dos desenvolvidos.
O Brasil provavelmente chegou ao fim de 2011 como o dono da sexta maior economia do mundo, ultrapassando pela primeira vez a Inglaterra - o país que ergueu um império onde o sol nunca se punha, berço da Revolução Industrial e do capitalismo moderno. 

Até 2015, de acordo com as projeções mais recentes do Fundo Monetário Internacional (FMI), o PIB brasileiro deverá também superar o da França, tornando-se então o quinto maior do mundo. A ascensão econômica brasileira no cenário internacional resulta não apenas dos méritos indiscutíveis do país nos últimos anos, mas também do momento de crise e estagnação na Europa, continente que ruma para uma década perdida. Simbólico do reverso nas fortunas é o fato de que hoje são os europeus (e até mesmo os americanos) que buscam atrair a ajuda financeira do Brasil, e não o contrário, como sempre foi a regra. 

O entusiasmo brasileiro, no entanto, deve ser devidamente ponderado. Ainda serão necessárias décadas até que o país possa alcançar um padrão de vida similar ao de nações desenvolvidas.
Estar entre os maiores PIBs do planeta, no entanto, não significa que o país tenha se tornado uma nação desenvolvida, como bem sabe qualquer brasileiro confrontado diariamente com episódios de violência e cenas de miséria. A economia brasileira é grande em termos absolutos. Mas, quando se leva em conta o número de habitantes do país, a comparação internacional fica menos lisonjeira.

Torcemos Brasil para que cheguemos lá.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Sincretismo




Lavagem das escadas da Igrejas do Bonfim celebra sincretismo

Com o fim do ciclo natalino, Olinda se prepara para dar inicio aos tradicionais e mais marcantes carnavais do Brasil. Como tradição o  período carnavalesco iniciasse no 2 domingo de Janeiro com a lavagem das escadarias da Igreja Nossa Senhora do Bomfim no sitio histórico.   

A lavagem representa o sincretismo religioso entre o candomblé e o catolicismo, também sendo comemorado   o dia de oxalá uma das principais divindade do culto afro-brasileiro.

Nossa terra, nosso Pernambuco com sua cultura multicultural atrai turistas do mundo todo para ver as corres, danças e culturas do qual o nosso povo orgulhosamente herdou de filhos africanos que colonizaram esta terra.

domingo, 8 de janeiro de 2012


Felicidade




Ser feliz é reconhecer que vale  apena viver
Apesar de todos os desafios incompreensão 
e período de crise
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas
E se tornar autor de sua própria história.

É atravessar o deserto fora de si e ser capaz de encontrar 
um oásis no recôndito de sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelos milagres da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos
É saber falar de si mesmo
É ter a coragem de ouvir um não
Ë ter segurança para ouvir uma critica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo.

Comentário:
“Ser feliz é reconhecer que vale apena viver...é deixar de ser vítima de seus problemas.... é se tornar autor de sua própria história...é atravessar o deserto fora de si ( ou será o deserto dentro de si - talvez este seja o maior deserto !!! ) “. Eu particularmente não consigo deixar de ser feliz mesmo quando me acometem grandes transtornos...a fase passa e continuo com a sensação que muito de bom ainda há de vir.

Existe polemica sobre os trechos descritos neste vídeo dados como autoria de Fernando Pessoa em sua integra e outros a Algusto Cury. Aguardo informações de quem tiver mais detalhes.
Ps: Desativar o som do blog ao lado na caixa de música. 

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Nao se acostume




Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!